Resposta do Dermatologista:

A celulite, cujo nome correto é lipodistrofia ginóide, é um grande aborrecimento das gerações mais novas.
Cuidados com o excesso de peso, evitar o efeito sanfona (engorda-emagrece), exercícios físicos aeróbicos associados com alongamento são essenciais.
Usar hidratantes locais com massagens circulares duas vezes ao dia também mostram resultados. A drenegam linfática (prefira a manual) também é de importancia primária ao tratamento da lipodistrofia ginóide.
Tratamento com cremes próprios pode ser mais um artifíco para o combate deste arqui-inimigo das mulheres. Quando nada disso funciona, é hora de procurar o seu dermatologista e pensar em produtos mais direcionados e associar equipamentos com radiofrequencia e infravermelho.

Dermatologista

Dr. Marco Antônio de Oliveira

Atualmente é Médico assistente do Departamento de Oncologia Cutânea do Hospital A.C. Camargo, Fundação Antônio Prudente. Tem experiência na área de Dermatologia, com ênfase nos seguintes temas: Dermatologia Clínica, Dermatologia Cirúrgica, Oncologia Cutânea, Terapia Fotodinâmica, Cosmiatria Dermatológica.
Compartilhe: