Resposta do Dermatologista:

Com o inicio do inverno, o clima fica mais frio e seco, tornando a pele mais sensível ao aparecimento eczemas e irritações. A pele possui inúmeras funções para o organismo, como proteção física contra agressões externas, defesa imunológica, perda de água regulação térmica, e proteção química através das glândulas sebáceas e sudoríparas. Nesta época do ano a pele tende a ficar mais ressecada e isso acaba piorando com os banhos mais quentes e demorados e excesso de sabonete.

Quando a pele fica ressecada e desidratada, suas funções ficam comprometidas levando a distúrbios que podem incomodar bastante. Um grande exemplo é a coceira que costuma ser o primeiro sintoma que a pele está comprometida. Caso não haja proteção adequada da pele, ela continua a ressecar e associado ao ato da coçadura, formam-se as lesões do eczema com lesões avermelhadas.

Dicas para manter a pele hidratada

Para evitar esses aborrecimentos, o banho deve ser mais rápido, com água morna, evite bucha e também os excessos com sabonete. Após o banho abuse dos cremes hidratantes tanto no corpo como no cabelo e unhas. Use protetor solar nas áreas expostas, mesmo se estiver frio ou nublado. Caso só a hidratação não seja suficiente, procure o seu dermatologista.

Dermatologista

Dr. Marco Antônio de Oliveira

Atualmente é Médico assistente do Departamento de Oncologia Cutânea do Hospital A.C. Camargo, Fundação Antônio Prudente. Tem experiência na área de Dermatologia, com ênfase nos seguintes temas: Dermatologia Clínica, Dermatologia Cirúrgica, Oncologia Cutânea, Terapia Fotodinâmica, Cosmiatria Dermatológica.
Compartilhe: