fotoprotecao

Por que Fotoproteção é importante

No passado, a exposição solar foi vista como benefício à saúde. Informações científicas modernas tem mostrado muitos efeitos nocivos da exposição solar, nos quais, o envelhecimento precoce e o câncer de pele.

Que tipo de dano a falta de Fotoproteção causa

Parte da energia solar que alcança a terra é composta por raios invisíveis de luz ultravioleta. Quando os raios de luz ultravioleta (UVA e UVB) entram em contato com a pele, danificam as células da pele causando danos visíveis e invisíveis.
A queimadura solar é o tipo visível de dano, que aparece poucas horas depois da exposição ao sol. Em muitas pessoas esse tipo de dano também causa bronzeamento. Rugas das quais ocorre com peles mais claras são usualmente devidas à exposição solar. Rugas precoces são sempre um sinal de dano solar o que aumenta a necessidade da proteção solar.

Raios de luz UV também causam danos invisíveis às células da pele. Algumas das injúrias são reparadas, mas algumas células danificadas progridem com o passar dos anos. Cerca de 20 a 30 anos após essa exposição solar o dano real dessa agressão solar aparece em forma de rugas, manchas da idade e até câncer de pele. Embora janelas de vidro possam bloquear os raios UVB, os raios UVA são capazes de atravessá-las.

Quais tipos de dano solar podem levar ao câncer de pele

Muitas queimaduras solares podem estar relacionadas ao desenvolvimento do câncer de pele, alguns desses ocorrem muitos anos depois das grandes exposições solares, sendo o melanoma o mais grave de todos.

O melanoma pode se desenvolver em todas as faixas etárias, incluindo adolescentes e adultos jovens. Pode espalhar por várias partes do corpo e são potencialmente fatais.
A evolução do dano solar invisível pode propiciar o câncer de pele. O carcinoma basocelular é uma câncer de pele que geralmente se desenvolve na metade da vida, mas pode aparecer frequentemente em adultos jovens. Esses tumores raramente se espalham para outras partes do corpo. Entretanto, esta constante evolução da pele pode comprometer estruturas e sua remoção se torna necessária. O câncer de pele chamado carcinoma espinocelular, pode se espalhar para outras partes do corpo se não for tratado precoce e adequadamente.

Quando a proteção solar se inicia?

A proteção solar deve-se iniciar na infância e continuar através da vida. É estimado que 80% do sol que tomamos durante a vida ocorre nos primeiros 20 anos de idade. Dessa forma, a prevenção solar da infância é muito importante para prevenir o câncer de pele nas fases mais avançadas da vida.

Como proteger as crianças do sol?

Começando agora a ensinar a criança a seguir os cuidados contra o sol. Use o ABCD:

  • Atenção com o horário: manter distância do sol do meio do dia
  • Bloqueador solar: usar protetor solar FPS 15 ou maior.
  • Cobertura: não esquecer a camiseta, chapéu, óculos e guarda-sol.
  • Diálogo: falar com familiares e amigos a respeito da fotoproteção.

O que deve ser evitado?

Crianças menores de seis meses de idade não devem ser expostas diretamente ao sol.
Não se exponha ao sol do meio-dia, programe-se para atividades externas até as 10 horas e após as 16 horas. A energia solar é maior quando nos expomos em locais abertos ao meio-dia. A exposição solar é mais intensa próximo à linha do Equador, das montanhas e no verão. A agressão causada pelo dano solar é maior também por reflexão na água, areia, concreto e neve.

Evite longos períodos de exposição direta ao sol. Sente-se ou brinque na sombra, especialmente, quando sua sombra no chão é menor que sua altura.

Evite queimaduras solares. Mantenha distância do período mais quente do sol.

Qual o protetor solar indicado para uma criança?

O uso de protetores solares em crianças exige consideração especial, devido as suas características cutâneas e a maior proporção de área superficial com relação ao volume corpóreo.

O FDA não recomenda o uso de protetores solares, em crianças com menos de seis meses de idade, devido a sua maior absorção através da pele do bebê, e também pela possível dificuldade de ser eliminado pela imaturidade de seu sistema excretor.
Após completar os seis meses, a pele da criança apresenta a mesma estrutura que a de adultos, e o FDA recomenda o uso de protetores solares com FPS de, no mínimo, 15 e dê preferência aos protetores solares infantis ou Kids que possuem formulação adequada à pele da criança.

Como a agressão solar pode ser bloqueada?

Proteja-se da agressão solar usando protetor de amplo espectro UVA e UVB, que pode ser na forma de creme, spray, loção, gel ou batom, com FPS 15 ou maior. Reaplique a cada duas horas, mesmo nos dias nublados.

Quando nadar ou participar de intensa atividade física, a aplicação e reaplicação do protetor tornam-se necessárias. Escolha o protetor solar de FPS 30 ou maior. A capacidade de proteção do protetor solar é determinada pelo Fator de Proteção Solar (FPS): quanto maior o FPS, maior a proteção contra o sol.

O número do FPS indica quantas vezes o indivíduo pode gastar na exposição solar sem risco de queimaduras. Quando utilizado o FPS 15, em uma pessoa de pele clara que normalmente queima em 20 minutos na exposição solar do meio-dia, pode tolerar 15 vezes os 20 minutos, ou seja, 300 minutos, sem se queimar. Mas não se esqueça isso é uma estimativa. Aplique o protetor solar como se estivesse passando um hidratante, espalhe por todas as áreas, incluindo orelhas, lábios e pálpebras. Aplique protetor solar cerca de 30 minutos antes da exposição solar. Reaplique após nadar ou sudorese excessiva e a cada duas horas. O protetor solar trabalha para impedir que os raios UV invisíveis agridam a pele.

A cor branca opaca dos protetores solares previne a penetração de luz UV na pele, geralmente contém óxido de zinco ou dióxido de titânio (protetores solares físicos). São úteis para áreas de alto risco, tais como nariz, lábios e ombros.

Crianças com menos de seis anos de idade, devem limitar a exposição direta ao sol e devem usar roupas protetoras. Aplique protetores a partir dos 6 meses de idade.
Crianças com menos de seis meses de idade não devem ser expostas a sol, mas se isso ocorrer protetores solares físicos apropriados para a idade devem ser usados.

Como as roupas podem ser usadas como proteção?

Vista chapéu e roupas coloridas leves quando se expuser aos ambientes descobertos. Não brinque ou trabalhe em áreas descobertas sem uma camiseta. Óculos de sol bloqueiam raios ultravioleta e protegem olhos e pálpebras.

O que mais pode ser feito?

Converse a respeito de proteção solar, faça o seu papel para proteger as pessoas da agressão solar. Mostre aos familiares como aplicar o protetor solar, espalhando por toda sua pele. Lembre-se de manter os bebês fora do sol, envolvendo toalhas sobre os mesmos. Converse com treinadores e orientadores de acampamento, professores e outros líderes sobre os cuidados com o sol. Peça para ajudá-lo com esses simples cuidados contra a agressão solar. Comece a prevenção na infância!

Acredita ter problemas com Fotoproteção clique agende uma consulta agora!