As formas de luz vem sendo utilizado nas mais variadas áreas da medicina com grande sucesso na remoção de pelos e manchas, no tratamento de pequenos vasinhos e no rejuvenescimento da pele. Este tratamento inovador exige poucas aplicações, sendo totalmente seguro e indolor. Esta tecnologia de ponta permitiu um grande avanço na Dermatologia, na medida em que o laser é uma técnica de precisão e capaz de tratar alterações de pele que no passado eram apenas sonhos.

A luz intensa pulsada, também conhecida como luz pulsada de alta energia, é um tratamento que dá ótimo resultado para o rejuvenescimento facial, agindo na derme sem agredir a camada mais superficial da pele. Desta forma, o paciente pode fazer as sessões sem a necessidade de se ausentar do trabalho.

Essa é uma grande vantagem em relação a outros equipamentos de laser rejuvenescedores, como Érbium YAG e Laser de CO2, que agem pelo sistema de vaporização da pele, o que exige que a pessoa fique afastada do trabalho e sem sair de casa até que a pele se recupere do trauma.

Rejuvenescimento com Luz Pulsada

A luz pulsada para fotorejuvenescimento não traz esse problema. E como benefícios, o tratamento provoca o espessamento da camada de fibras colágenas, o que deixa a pele mais túrgida, melhora a flacidez e promove a reorganização das fibras já existentes. Além disso, a pele do rosto fica com coloração mais uniforme, eliminando manchas e diminuindo tamanho dos poros. E mais: os vasinhos, manchas e olheiras podem ser removidos ou suavizados pela luz.

O tratamento de rejuvenescimento com luz pulsada é feito, em média, de quatro a seis sessões (com intervalo médio de três semanas entre cada uma), podendo ou não ser intercalado com sessões de peelings superficiais.

Luz Pulsada no tratamento de vasos e manchas vasculares

A Luz Intensa Pulsada atua por meio de um cristal que, em contato com a pele, destrói seletivamente os vasos sanguíneos. É indicada para remover sinais vasculares de nascimento, como manchas vinho do porto, além de rosácea e hemangiomas e vasos da face e corpo.

Esses sinais desenvolvem-se com a idade ou como resultado de acidentes ou medicações. Sua aplicação envolve pulsos de luz, semelhantes ao disparo do flash de uma câmera fotográfica. O paciente sente calor no local, sendo necessário, em alguns casos, um creme anestésico.

Ocorre um clareamento geralmente após o segundo ou terceiro tratamento, mas o número de sessões necessárias varia de caso a caso.

A sessão dura de 15 a 20 minutos e, após seu término, a área pode ficar um pouco avermelhada. Pode ainda surgir um inchaço local. Essas reações desaparecem depois de alguns dias.

Para se submeter ao tratamento, o paciente não pode estar bronzeado, nem tomando medicamentos que interajam com a luz. Por isso, na fase de tratamento é importante evitar exposição solar e sempre aplicar um fotoprotetor solar antes de sair de casa.

Luz Pulsada no tratamento de manchas de pele e manchas do sol

A exposição prolongada da pela ao sol leva a formação de manchas acastanhadas na pele conhecidas como melanoses solares ou conhecidas como “mancha da idade”. A luz intensa pulsada age somente nas manchas, deixando a pele ao redor íntegra. Alem disso, durante o tratamento das manchas a pele também recebe estímulos para a formação de colágeno.

Luz Pulsada na remoção de pelo

Flashes de luz são seletivamente absorvidos pelos folículos pilosos, que estão localizados abaixo da superfície da pele. A luz absorvida aquece o pelo, danificando ou destruindo as células que formam o pelo.

A tecnologia da Luz Intensa Pulsada é comprovadamente eficaz na redução permanente do número de pelos que nascem novamente após cada tratamento, na maioria dos tipos de pele. O número de tratamentos necessários depende de uma série de fatores relacionados especificadamente ao seu tipo de pele e pelo. Um programa personalizado será indicado para você, com uma estimativa de número de tratamentos necessários.

Luz Pulsada no tratamento da acne e rosácea

A luz intensa pulsada auxilia no tratamento da acne agindo na lesão pustulosa, também conhecida como espinha. A luz é absorvida pela pústula acelerando o seu processo de cicatrização. O tratamento é auxiliar ao tratamento com medicações tópicas e sistêmicas, não servindo como monoterapia.
Já na rosácea além de acelerar a cicatrização das pústulas, a luz intensa pulsada age destruindo os vasinhos que deixam a pele avermelhada, que tanto incomoda quem é portador desta alteração cutânea.

Acredita ter problemas com Luz Intensa Pulsada clique agende uma consulta agora!