acne

O que é acne

É uma afecção (doença) da pele na qual ocorre obstrução dos poros levando a formação de pontos negros ou brancos (conhecidos como cravos ou comedões), lesões inflamadas (pústulas ou espinhas) e lesões mais profundas (nódulos e cistos). A acne se manifesta principalmente no rosto, mas também ocorre no colo, pescoço, dorso, ombros e braços. A maioria dos adolescentes sofre de algum tipo de acne, mas adultos de 20 a 40 anos também podem ser acometidos. Habitualmente a acne desaparece ao longo dos anos, inclusive, muitas vezes sem tratamentos. A acne pode desfigurar e perturbar o paciente. A acne não tratada pode deixar cicatrizes permanentes, sendo que as mesmas podem ser tratadas posteriormente por um dermatologista. Para evitar as cicatrizes, é fundamental tratá-las precocemente.

Como se forma a acne

Os hormônios que estão presentes em homens e mulheres aumentam a atividade durante a adolescência (puberdade). Esses hormônios fazem com que as glândulas sebáceas da pele aumentem e produzam mais sebo. As glândulas sebáceas se encontram principalmente no rosto e na parte superior do tronco. Acne não é provocada por sujeira. O ponto escuro do ponto negro (comedão) consiste em sebo seco e células epiteliais que se aderiram as aberturas do folículo piloso. Bactérias também estão envolvidas no processo inflamatório da acne.

Limpeza de Pele Resolve?

A acne não aparece como consequência de não lavar o rosto. Entretanto, é recomendado que se lave o rosto diariamente com água limpa e um sabonete suave. A lavagem exagerada e vigorosa pode piorar a acne.

E UMA DIETA MELHOR?

A acne não é provocada pelos alimentos, entretanto a ingestão de alguns alimentos parece piorar a acne, caso isso ocorra, observe e tente evitá-los.

Cosméticos

Usar a menor quantidade de cosméticos possíveis. Usar maquiagem a base de água e não oleosos. Escolher produtos que não sejam comedogênicos (que não provoquem cravos pretos ou brancos) ou não acnogênicos (que não provoquem acne). A noite tirar a maquiagem com água e sabonete suave. Uma loção que contenha medicação contra acne de coloração semelhante a pele pode aliviar e disfarçar os sintomas. Um pouco de pó de maquiagem combinado a uma base não oleosa, também resulta em uma boa solução para disfarçar o efeito da acne. Quando aplicar cremes e géis no seu cabelo, proteja seu rosto.

Tratamento para espinhas

O controle da acne é um processo contínuo e lento. É muito importante o paciente estar ciente que o resultado do tratamento ocorre com o passar das semanas e não dos dias. Todos os tratamentos contra acne se baseiam em prevenir novas lesões. As manchas e imperfeições existentes devem cicatrizar por si mesmas, apesar deste processo levar tempo. Se a acne não melhorou em período de dois ou três meses, será necessário trocar o tratamento. O tratamento recomendado pelo dermatologista dependerá do tipo de acne.

Em algumas ocasiões, erupções semelhantes a acne pode ser uma outra causa: uma reação a maquiagem, uma loção, ou uma medicação oral. É importante ajudar o dermatologista dando detalhes atualizados do que está usando em na pele, ou ingerindo. Muitas das loções e cremes de venda livre servem para os casos leves de acne. Entretanto, muitas podem ressecar a pele. Siga as instruções cuidadosamente.

Tratamentos tópicos

O dermatologista pode receitar cremes tópicos, géis, loções com vitamina A, ácidos, peróxido de benzoíla ou antibióticos para ajudar a desbloquear os poros e reduzir as bactérias. Esses produtos podem causar ressecamento, vermelhidão e descamação da pele. O dermatologista o aconselhará ao uso correto e como tratar os efeitos secundários.

Antes de começar a usar qualquer medicamento, informe o médico se está grávida, em período de amamentação ou se está interessada em engravidar.

Tratamentos especiais

O dermatologista pode solicitar limpeza de pele para remover os pontos negros e brancos. Não manipule as lesões, isso pode causar inchaço, inflamação ou cicatrizes. A microdermoabrasão pode ser utilizada para eliminar as camadas superiores da pele, corrigir as irregularidades da superfície e contornos e gerar novas camadas de pele. Os peelings químicos suaves, com ácido salicílico ou glicólico, ajudam a desbloquear poros, abrir os pontos negros e os pontos brancos e estimular o crescimento de nova pele.

As injeções de corticóides podem ser usadas para tratar os nódulos e também para que estas lesões sumam rapidamente.

Tratamento oral

Muitas vezes se prescrevem antibióticos via oral com doses e esquemas terapêuticos adequados para o tratamento da acne.

As pílulas anticoncepcionais podem melhorar bastante a acne e podem ser usadas especificamente para o tratamento das mesmas. Também é importante saber que os antibióticos orais podem diminuir a efetividade da pílula anticoncepcional. Isto não é comum, porém é possível. Como medida de precaução, utilize um outro método de controle de natalidade recomendado pelo ginecologista.

Nos casos em que a acne não responde aos tratamentos mencionados, outras medicações devem ser consideradas. A isotretinoína é usada para casos severos ou resistentes de acne. Os pacientes que usam a isotretinoína devem entender os efeitos secundários que ela provoca. Para controlá-los, são necessárias visitas com frequência ao dermatologista. É obrigatória a prevenção da gravidez, uma vez que esta que pode provocar má formação ao feto.

Para combater a acne, as mulheres também poderão usar hormônios femininos e medicações que reduzam os efeitos dos hormônios masculinos.

Também é possível tratar a acne e suas cicatrizes mediante a terapia fotodinâmica. A luz de comprimento azul como encontradas nos LEDs também pode ser utilizada para o tratamento das lesões inflamatórias.

O dermatologista pode tratar as cicatrizes de acne mediante a uma série de métodos. As deprimidas podem ser aplanadas mediante a restauração com laser, abrasão cirúrgica, peelings químicos e eletrocirurgia. A elevação do tecido mediante a aplicação de colágeno ou preenchedores, podem elevar as cicatrizes. A revisão das cicatrizes com microexcisão ou técnica de aplicação de enxertos podem corrigi-las. A combinação de outros tratamentos dermatológicos e cirúrgicos pode melhorar consideravelmente a aparência da pele.

Atenção necessária

Não importa qual tratamento é utilizado pelo dermatologista, lembre-se que deve continuar cuidando da pele de forma adequada. A acne nem sempre é curada, mas pode ser controlada. Um tratamento adequado pode ajudá-lo a se sentir melhor e poderá prevenir cicatrizes.

Acredita ter problemas com Acne clique agende uma consulta agora!