rosacea

O que é Rosácea

Rosácea é uma doença cutânea comum, que causa vermelhidão, pápulas e pústulas na face e frequentemente é conhecida como acne do adulto. Inicia com rubor podendo progredir para uma vermelhidão persistente no centro da face que envolve gradualmente bochechas, testa, queixo e nariz. Olhos, orelhas, tórax e dorso podem também ser afetados. Com o tempo, pequenos vasos de sangue e pequenas espinhas começam a aparecer com uma margem avermelhada, entretanto, diferente da acne, não há comedões (cravos). Quando a rosácea se desenvolve primeiro, a vermelhidão pode melhorar e piorar. Algumas pessoas podem ficar avermelhadas apenas e nunca formar pústulas ou pápulas. Pequenos vasos dilatados também podem estar presentes devido a exposição solar prolongada. Entretanto, quando a pele não retorna a sua cor normal e quando outros sintomas tais como, espinhas e alargamento dos vasos sanguíneos se tornam visíveis isso deve ser tratado por um dermatologista. Esta condição pode durar por anos, raramente revertendo-se espontaneamente, e pode se tornar pior sem tratamento.

Cerca de 50% das pessoas com rosácea possuem envolvimento dos olhos (rosácea ocular). Alguns pacientes com rosácea experimentam sensação de queimação e ardor dos olhos, uma condição comum conhecida como conjuntivite. Se esta condição não é tratada, pode se estender a complicações mais sérias.

Como reconhecer Rosácea

Pequenas espinhas avermelhadas, algumas contendo pus aparecem na face. Isto pode ser acompanhado por vermelhidão persistente e desenvolvimento de muitos vasos sanguíneos finos na superfície da pele. Na maioria dos casos uma condição chamada rinofima, também pode se desenvolver. As glândulas sebáceas aumentam causando bulbões, nariz avermelhado e bochechas salientes. Um espessamento pode se desenvolver na metade inferior do nariz e perto das bochechas. Rinofima ocorre mais comumente em homens.

Quem tem predisposição a ter Rosácea

Adultos de pele clara entre idade de 30 a 50 anos podem desenvolver rosácea, mas pode afetar homens e mulheres, inclusive crianças. Pode ser associado com a menopausa, em mulheres pode ser mais frequente do que em homens e pode ter relação com os cosméticos. A vermelhidão exagerada pode aparecer em momentos de embaraçamento ou tensão.

Dicas para pacientes com Rosácea

  • Evitar substâncias que pioram o quadro, substâncias quentes, alimentos condimentados, cafeína e bebidas alcoólicas que podem fazer a face avermelhar. É importante notar que embora o álcool possa piorar a rosácea, a condição pode ser tão severa quanto para aquela pessoa que não bebe nada, então a rosácea não pode ser relacionada diretamente com o alcoolismo.
  • Usar protetor solar, sempre que possível e limitar a exposição solar. Usar chapéu e proteção solar de amplo espectro e FPS alto, reaplicar a cada 2 horas.
  • Evitar extremos de temperatura tanto de calor quanto de frio que podem exacerbar os sintomas da rosácea.
  • Exercitar-se em lugares arejados e não superaqueça o corpo.
  • Evitar coçar ou friccionar a face.
  • Evitar cosméticos e produtos faciais que contenha álcool.
  • Usar spray de cabelos com cuidado, evitando contato com a face.
  • Anotar episódios de vermelhidão da face, relacionando o ocorrido com atividades feitas, produtos usados, ou outros fatores desencadeantes.

Tratamento para Rosácea

Muitas pessoas com rosácea não reconhecem esta condição nos seus estágios iniciais. Identificar a doença é o primeiro passo para seu controle. O auto-diagnóstico e tratamentos não são recomendados, pois alguns produtos podem fazer o problema piorar.

Dermatologistas normalmente recomendam uma combinação de tratamentos para o paciente. Estes tratamentos devem parar a progressão da rosácea e em alguns casos revertê-la.

Cremes, loções, sabonetes e géis que contém vários antibióticos tópicos, como metronidazol, sulfacetamida, peróxido de benzoíla e retinóides podem ser prescritos. A melhora pode ser vista nas primeiras 3 a 4 semanas de tratamento. A grande melhora é geralmente observada em 2 meses.

Antibióticos orais tendem a produzir resultados mais rápidos que as medicações tópicas. Cremes de corticóides podem reduzir a vermelhidão da rosácea, entretanto, não devem ser usados por mais que 2 semanas, porque podem causar afinamento da pele e efeito rebote caso forem descontinuados de maneira incorreta. É melhor usar cremes apenas sob orientação de um dermatologista.

A vermelhidão persistente pode ser tratada com pequenas agulhas elétricas ou por laser para destruir os poros e vasos dilatados. Cosméticos também são úteis. Maquiagens ajudam a disfarçar a vermelhidão.

A rinofima é usualmente tratada com cirurgia. O excesso pode ser cuidadosamente removido com bisturi, laser ou eletrocirurgia. A dermoabrasão é um método cirúrgico que remove as camadas superficiais da pele e ajuda a melhorar o aspecto do tecido cicatricial. A chave para o tratamento com sucesso da rosácea são o diagnóstico e tratamento precoces. É importante seguir todas as instruções do dermatologista, pois se não tratadas adequadamente, a rosácea pode tornar-se pior e pode ser mais difícil tratá-la posteriormente.

Acredita ter problemas com Rosácea clique agende uma consulta agora!