Resposta do Dermatologista:

O mais importante nesta situação é uma biópsia da lesão e o material deve ir para estudo anatomopatológico. Somente após o diagnóstico correto do caso, o tratamento deve ser discutido com seu médico.

Dermatologista

Dr. Marco Antônio de Oliveira

Atualmente é Médico assistente do Departamento de Oncologia Cutânea do Hospital A.C. Camargo, Fundação Antônio Prudente. Tem experiência na área de Dermatologia, com ênfase nos seguintes temas: Dermatologia Clínica, Dermatologia Cirúrgica, Oncologia Cutânea, Terapia Fotodinâmica, Cosmiatria Dermatológica.
Compartilhe: